sábado, 26 de julho de 2014

DÊ SEUS PRIMEIROS PASSOS PARA EMAGRECER

Aprenda como devem ser os treinos para começar a caminhar, melhorar seu condicionamento físico e perder os quilos extras
A caminhada é uma atividade simples, acessível e capaz de proporcionar diversos benefícios: um corpo bonito, mais saúde e uma mente tranquila. Porém, existe uma diferença conceitual entre simplesmente andar e praticar uma caminhada esportiva, uma forma de exercício que promove a aceleração do metabolismo e a queima de calorias.
Cuidados iniciaisAntes de começar a prática de uma atividade física, é importante realizar alguns exames preventivos, em especial se você está acima do peso ideal. “Aquelas que desejam caminhar para emagrecer precisam fazer avaliações clínicas e cardiológicas, além de conhecer alguns parâmetros glicêmicos e de colesterol”. Também é indicado ficar atenta ao tipo de terreno no qual você vai treinar, para evitar que seus ligamentos fiquem sobrecarregados. No princípio, o melhor é buscar locais planos e com piso o mais nivelado possível, sem buracos.
Primeiro passo“A organização mundial da saúde recomenda caminhar de três a cinco vezes por semana, cerca de uma hora por dia, variando o tempo e a frequência, conforme a intensidade do treinamento. E, para perder peso, é fundamental que haja um aumento dos batimentos cardíacos da caminhante, pois, apenas dessa maneira, se inicia a queima de calorias”.
Um programa de treinamento ideal para quem quer emagrecer precisa intercalar diferentes intensidades de exercício ao longo da semana. “Mas as intensidades devem ser inversamente proporcionais ao volume. ou seja, nos treinos mais fortes, as distâncias e tempos exigidos são menores do que nas sessões leves”.
“É fundamental que o treinamento apresente pequenos desafios e metas a cada semana e que a corredora possa evoluir,estabelecendo novas dificuldades para as atividades”.
Motive-seOs resultados esperados dificilmente aparecerão imediatamente após o início dos treinos, por isso, é necessário ter disciplina e paciência. “É interessante que a própria caminhante monitore e anote os exercícios realizados, porque, mesmo que não seja evidenciada a perda de peso, alguns números, como distância e tempo percorridos, servem como motivação”.